Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

COVID-19: 2021 já registra 2,3 mil novos casos em unidades de privação de liberdade - NOVA FM 93.1 - A Rádio de Verdade!


No comando: CLUBE DA INSÔNIA

Das 00:00 às 06:00

No comando: PE REGINALDO MANZOTTI

Das 05:55 às 06:05

No comando: PEDRO DE ALMEIDA

Das 06:00 às 07:00

No comando: PE REGINALDO MANZOTTI

Das 07:00 às 08:00

No comando: OSVALDO/DIEGO E ANDREZZA

Das 07:00 às 09:00

No comando: ANDREZZA CERVEIRA

Das 07:00 às 10:00

No comando: JOTA A

Das 09:00 às 12:00

No comando: SILVANA LOBATO

Das 09:00 às 12:00

No comando: SILVANA LOBATO

Das 10:00 às 12:00

No comando: MARCELO MINARD

Das 12:00 às 13:00

No comando: THE PAUL

Das 12:00 às 15:00

No comando: JOTA A

Das 12:00 às 15:00

No comando: NILO GOMES

Das 13:00 às 14:00

No comando: THE PAUL & TATI LOBÃO

Das 14:00 às 16:00

No comando: THE PAUL

Das 15:00 às 17:00

No comando: PAULINHA LOBÃO

Das 16:00 às 18:00

No comando: OSVALDO MAYA / DIEGO EMIR

Das 18:00 às 19:00

No comando: WALTER JÚNIOR

Das 19:00 às 23:59

COVID-19: 2021 já registra 2,3 mil novos casos em unidades de privação de liberdade

Em menos de um mês, o sistema prisional e o sistema socioeducativo já registram 2.314 novos casos oficiais de Covid-19 entre pessoas em privação de liberdade e servidores desses estabelecimentos. A atualização leva o total de ocorrências desde o início da pandemia a 63.442 casos. Entre pessoas presas, são 43.799 os registros de contaminação e 13.655 servidores já foram diagnosticados com a doença – que provocou um total de 229 óbitos. No sistema socioeducativo, 1.377 adolescentes foram infectados, além de 4.611 trabalhadores, com 27 mortes. A publicação do monitoramento feito pelo Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Execução de Medidas Socioeducativas do Conselho Nacional de Justiça (DMF/CNJ), a partir de dados apresentados pelas autoridades locais, está sendo retomada após uma pausa iniciada em dezembro para refinamento da apresentação. Em 2021, os boletins passam a ser publicados quinzenalmente às quartas-feiras para atender às particularidades de produção e divulgação de dados. O monitoramento é realizado com o apoio do programa Fazendo Justiça, parceria do CNJ com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública para a superação de desafios estruturais nos sistemas de privação de liberdade.
Também houve atualização da destinação de penas pecuniárias pelo Judiciário para enfrentamento à Covid-19 – até o momento, R$ 80,9 milhões foram destinados para esse fim em tribunais de 25 estados, além de R$ 2,5 milhões no TRF3. Quanto a recursos para prevenção à Covid-19 no sistema prisional e no socioeducativo, foi registrado o repasse de R$ 3 milhões em recursos federais para seis estados (Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Piauí e Rio Grande do Sul). Recursos de outras fontes totalizam R$ 13,8 milhões, que foram destinados a dez estados.

Deixe seu comentário: